Coolest White: a tinta que reduz o impacto do calor

Coolest White: a tinta que reduz o impacto do calor

A Coolest White surgiu cria uma camada de proteção que reduz a absorção de radiação solar, de 95% a 12%, em edifícios e estruturas urbanas

Coluna O Livre.jpg

https://olivre.com.br/coolest-white-a-tinta-que-reduz-o-impacto-do-calor

Quanto menos árvores e espaços verdes e mais concreto, maior será a temperatura de uma região e, logo, a necessidade de ar-condicionado constantemente ligado para minimizar o impacto do calor. Trata-se de um processo de formação das chamadas ilhas de calor, que tem como consequência um maior consumo de energia e liberação de gás carbônico na atmosfera.

Além das excessivas estruturas de concreto, esse fenômeno também ocorre pela composição destas estruturas, que tendem a ser feitas por materiais escuros que absorvem o calor com mais facilidade, possuem resistência a água e acarretam em poluição. E, como já dito, são consequências, também, da ausência de vegetação, que faz com que a taxa de evaporação no local seja baixa.

Em Cuiabá, é fácil perceber o efeito das ilhas de calor quando estamos na Estrada do Moinho rumo ao bairro Tijucal. Gradativamente as construções vão deixando de existir, dando espaço a um amontoado de árvores. Parece que o ar fica até mais fresco e agradável, não?

E foi pensando em reduzir o impacto das ilhas de calor não apenas no meio-ambiente, como também na temperatura local, que a Coolest White surgiu. A tinta cria uma camada de proteção à radiação solar excessiva em edifícios e estruturas urbanas. Ela foi desenvolvida para reduzir a absorção dos raios solares para 12%, enquanto que os materiais escuros absorvem até 95% (veja vídeo).


A Coolest White surgiu de uma parceria entre o UNStudio, um escritório holandês de arquitetura, e a Monopol Color, empresa suíça especialista em tintas. Sua criação foi baseada na tecnologia de fluoropolímero, sendo feita para durar bastante, pois resistente a intempéries e abrasão (capacidade da tinta resistir quando esfregada por escovas, panos, etc). A tinta também retém brilho, o que faz com que o ciclo de vida do revestimento aumente em até 30 anos.

CW_03.jpg

Imagem: UNStudio and Monopol Colors

A tinta ser usada em elementos de fachada metálica de alta qualidade e estruturas de alumínio, aço ou fibra de vidro, como as utilizadas principalmente para edifícios industriais e comerciais, centros comerciais, hospitais, fábricas, pontes ou edifícios residenciais.

Vale lembrar, não é de hoje que os lugares buscam uma maneira de combater os efeitos do concreto excessivo. Em Los Angeles, em 2017, eles aplicaram o CoolSeal, devido a uma onda de calor que havia atingido a cidade. O CoolSeal é um tipo de pintura de cor cinza claro que refresca o asfalto, ajuda a diminuir a sensação térmica na região e a tinta dura cerca de sete anos.

los-angeles-coolseal-cool-seal-20170929-0001.jpg

Funcionários cobrem rua de Los Angeles com CoolSeal, material que reflete calor (LA Street Services/)

Mais próximo de nossa realidade, em São Paulo, foi implantada a campanha chamada “One Degree Less” (Um Grau a Menos), em 2009. Trazida para o Brasil pela Green Building Council (GBC), a ideia era bem simples: pintar os telhados da cidade de branco para diminuir o impacto da radiação solar.