Tendências do Paisagismo para 2020

Tendências do Paisagismo para 2020

Para além de tendências para arquitetura, design de interiores, cores do ano, o reserva espaço para muitas outras.  E, pesquisar tendências para o ano não é uma tarefa tão simples, há muito o que se ver e viver, pesquisar e vivenciar. Felizmente trabalhar com algo tão rico quanto o paisagismo deixa a tarefa de pesquisar mais leve e gostosa.

Já falamos um pouco sobre como as cores da Pantone surgem, sempre espelhadas por um momento pelo qual estamos passando, sempre inspiradas em algo que possa trazer um momento de reflexão e que atinja o globo como um todo.

Nas demais áreas, não é diferente.

É preciso olhar o mundo a nossa volta, observar atentamente as fraquezas do mercado e buscar oportunidades. Presenciamos recentemente incêndios a níveis alarmantes, na nossa floresta amazônica, que em agosto do ano passado bateu cerca de 40 mil focos ativos de queimadas, números não vistos faziam 10 anos. Na Austrália, também observamos queimadas intensas levando a vida e dizimando a paisagem natural, e não faz muito tempo que o fogo foi enfim controlado.

Dessa forma, o foco está em reacender os valores pela proteção, valorização e apego a natureza, visto que cada vez mais o ser humano se afasta dos ambientes mais naturais e urbanização se torna mais crescente.

O primeiro item da nossa lista reflete justamente o retorno da natureza: Áreas verdes buscando a sustentabilidade, bem-estar e baixo impacto ambiental, sejam cobrindo os edifícios ou compondo áreas urbanas como oásis das cidades, auxiliando na fuga do corre-corre do cotidiano pesado.

Bosco-Verticale-Milano-Bosque-Vertical-em-Milão-Itália.jpg

Bosco Verticale - Milão, Itália

Screenshot_1.jpg

One Central Park - Sydney, Austrália

As empresas e edifícios também podem se aproveitar dessa tendência, construindo ambientes verdes, como jardins nas áreas de convivência prolongada. O cultivo de Plantas Comestíveis Não Convencionais – PANCS - Pode ser também algo enriquecedor, que agrega outro propósito de utilização dos jardins, mesmo no paisagismo comercial. 

De uma maneira geral, Jardins ligados as salas de estar e convívio são uma forte tendência, assim como as cozinhas dentro dos próprios jardins, ou extensões delas. O cultivo de plantas altas dentro de casa – Urban Jungle – ou o cultivo de plantas que exigem pouca água e tem grande resistência, e aqui entram cactos, agave, aloé, suculentas, etc.

c35a83aef1f108c8b6cc4db9bb320057.jpg

Imagem Inspiração - Pinterest

9117e6e07346a2be62c301b40d7111a1.jpg

Imagem Inspiração - Pinterest

59da41c827b0961e354de44226d6c720.jpg

Imagem Inspiração - Pinterest

Também são tendências o uso cada vez maior de espécies nativas, que melhoram o microclima local, eliminam os poluentes do ar, a Jardinagem orgânica, compostagem e o uso de materiais naturais na decoração, como por exemplo a madeira – sempre certificada.

cf2bcd472540ae574bd200d4db87ba48.jpg

Imagem Inspiração - Pinterest

461e7f7f29e3fad13afe59800d4176f3.jpg

Imagem Inspiração - Pinterest